The Mentalist Brasil


Seja bem vindo!

Para acessar todo
o conteúdo do forum e fazer amigos,


REGISTRE-SE e APRESENTE-SE!


O último caso

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por teresa janes em Seg 01 Ago 2011, 9:38 pm

Não vejo a hora de ler mais um capitulo,não demora por favor+1
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por ladymarion em Ter 02 Ago 2011, 1:59 pm

Eita.....
A irmã da Kristina teve um morte horrivel.
Não sei não... sei que estamos no começo, e minha antipatia com a Kristina é grande mas... não duvidaria de ela estar envolvida nisso de alguma forma... fato

Aguardando o próximo cap
jump

Beijinhos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Edla em Sex 05 Ago 2011, 8:47 pm

Amanhã tem um cap fresquinho!!!
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por teresa janes em Sab 06 Ago 2011, 11:51 am

É hoje celebrar
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Edla em Sab 06 Ago 2011, 6:17 pm

Pois é, Teresa, é hoje sim!! A única coisa que posso dizer sobre esse capítulo é que ele foi inspirado nos dois episódios finais da segunda temporada e eu devo confessar que não consegui assistir de novo! Mas as coisas vão melhorar... depois de piorar bastante!!! Vamos ver o que vcs acham!!!!





Kristina Frye estava na cozinha quando ouviu mais carros estacionarem na frente da casa da irmã. Conteve-se para não ir ao encontro dos recém chegados. Sentiu que Patrick Jane estava por perto e sabia que ele a procurava. Agora tinham algo mais em comum. Mas achou melhor esperar. Preparou chá e foi para a varanda. Sentou em uma pequena mesa redonda com quatro cadeiras em volta.

Seu espírito fraquejou mais uma vez ao lembrar de Abigail. Desde cedo, uma inquietação tomara conta dela. Imaginou, no entanto, que fosse remorso. Abigail havia ligado na noite anterior pedindo que ela fosse até lá. Kristina disse não, tinha que atender um paciente. O máximo que podia fazer seria tomar café da manhã com ela. Sabia o quanto isso era insuficiente, mas Abigail já aprendera que nada impedia sua irmã mais velha de atender um chamado. Menos o de Abigail.

Então, quando abriu a porta da casa, sentiu um sussurrar em seus ouvidos. Abigail já não estava mais ali...

A porta da varanda foi aberta. Por ela passaram Lisbon e Van Pelt. Jane só apareceu depois. Ele e Kristina cumprimentaram-se com um gesto de cabeça.

- Sentimos por sua perda, senhorita Frye - disse Lisbon, apertando a mão dela - Tenha certeza que faremos o possível para pegar o responsável por isso.

Kristina fitou Lisbon.

- Imagino que diga isso a muitos parentes de vítimas, agente Lisbon. Porém se o culpado for mesmo quem estamos pensando não será algo simples.

- Poucos são os casos simples, senhora. Mas isso não chega a ser um motivo pra me fazer desistir.

Teresa falou aquilo num tom calmo, quase reconfortante, num meio sorriso, como o momento exigia. Por dentro, no entanto, explodia de raiva.

- Sentem-se, por favor - pediu Kristina, apontando as cadeiras.

Jane preferiu permanecer de pé.

- Quando viu sua irmã pela última vez? - perguntou Lisbon.

- Na verdade, já não nos víamos há algumas semanas... - a voz de Kristina saiu embargada - Nós nos falávamos por telefone... Ontem à noite ela me ligou pedindo que viesse até aqui... Mas eu não pude.

- Que horas foi isso?

- Umas nove e meia.

- Onde estava?

- Com um de meus pacientes.

- Precisamos confirmar isso.

- Entendo.

Van Pelt anotou o endereço dado por Kristina.

- Sabe se ela vinha se relacionando com alguém?

- Não. Ela teria me dito.

Kristina enxugou uma lágrima do olho esquerdo antes que ela caísse.

- Abigail não se amava o suficiente para permitir que um estranho a amasse...

- Ela disse sobre o que queriam conversar?

- Não, mas eu sabia que queria desabafar. Ela era muito insegura. Pedia minha opinião em tudo e ficava muito ressentida quando eu não podia atendê-la... Por isso procurou um psiquiatra... Dizia que era mais prático pagar alguém para ouví-la.

- Ela sofria de algum distúrbio emocional?

- Depressão profunda.

- Desculpe, senhorita Frye - falou Van Pelt - Mas já tentou contatar sua irmã?

Kristina encarou Grace. Depois baixou os olhos. Apertou os lábios até eles parecerem apenas uma fina linha desenhada em seu rosto. Balançou a cabeça negativamente.

- Desculpe-nos pelo transtorno - pediu Lisbon, levantando-se - Nós entraremos em contato.

Van Pelt seguiu Lisbon até fora da casa.

- Que tipo de pergunta foi aquela? - interpelou-a Lisbon, numa distância segura para que Cho e Rigsby, que as esperavam junto aos carros, não as ouvissem.

- Perdoe-me, chefe, mas é que fico imaginando porque os espíritos com os quais ela se comunica não a avisaram sobre o que ia acontecer.

- Escute, Van Pelt, esse tipo de informação não vai resolver o caso! Temos que nos concentrar nos fatos palpáveis!

- Está bem, chefe... Desculpe...

- Descubra o nome do psiquiatra que estava atendendo Abigail.

Elas seguiram até os carros.

- Cho, verifique todas as chamadas que Abigail Frye fez ou recebeu. E, Rigsby, consiga as fitas de vigilância da rua...

Lisbon parou de repente. Sem mexer a cabeça, seus olhos se movimentaram de um lado para o outro.

- Cadê o Jane?

- Acho que ficou com a Kristina - respondeu Grace.



...



Jane sentou na cadeira em que Lisbon estivera sentada.

- Agradeço que tenha ficado - Kristina disse com a voz embargada.

- Sabe que não precisa.

Kristina suspirou profundamente.

- Nunca vou deixar de me culpar por não ter estado aqui com ela...

- Você também estaria morta.

- Mas estaria ao lado dela! - a voz de Kristina alterou-se - Ela sempre me culpou por deixá-la de lado! Eu sempre achei que teria tempo para reparar isso! Tinha certeza disso! Eu sempre me senti bem comigo mesma acreditando que estava imune ao mal! Que o conforto e tranquilidade que proporciono a quem me procura se estenderia a quem mais amo...

- A vida costuma ser assim. O sucesso nos fortalece e nos cega, e não nos isenta de nada.

- Como conseguiu seguir em frente, Patrick?

- Eu só... me adaptei...

Jane, entretanto, em seu íntimo, ainda se via no final do corredor que levava à porta do quarto de sua filha, sentindo toda a brutalidade de Red John a confrontá-lo.

- Finalmente eu entendo você... - ela falou.

Jane esperou em silêncio que ela prosseguisse.

- Entendo porque a sua obstinação em não acreditar em nada além daqui... Eu também gostaria de não acreditar... que em algum lugar ela me culpa pelo que houve...

Jane juntou suas mãos às de Kristina. Ela, então, cedeu às lágrimas.







CONTINUA...
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por teresa janes em Dom 07 Ago 2011, 12:36 am

O Jane tinha que ficar consolando a Kristina.
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por ladymarion em Seg 08 Ago 2011, 12:15 pm

Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
Essa aproximação entre Jane e Kristina esta me dando muito medo.
Tem coisa aí....
Não confio nessa pilantra...
aaa

Beijinhos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por teresa janes em Seg 08 Ago 2011, 2:02 pm

Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
Essa aproximação entre Jane e Kristina esta me dando muito medo.
Tem coisa aí....
Não confio nessa pilantra...+1
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Edla em Ter 09 Ago 2011, 8:11 pm

Eu avisei que as coisas iam piorar muito antes de melhorar...No

Mas não importa o que Kristina possa tentar fazer. Jane e Lisbon têm uma ligação muito forte, que nem eles perceberam ainda... Por isso e por outros motivos também não conseguiram dar o passo seguinte... Mas isso logo vai acontecer!! Obrigada pelos comentários e até o final da semana!!

BJS!!!!!
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por junia seis em Ter 09 Ago 2011, 8:19 pm

Bem o que dizer desse capitulo:Eu continuo odiando a Kristina muito mais do que antes,não vou com a cara dela proto falei bad2
Mas se as coisas piorarem e sinal que no final as coisas vão ser pra la de boas popcorn
Não demora muito pra postar viu?Agurdado aqui pelo proximo capitulo fato
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por teresa janes em Qua 10 Ago 2011, 12:53 pm

Não demora muito pra postar viu?Agurdado aqui pelo proximo capitulo+1Estou com muiiiiiiiiiiiiiiita vontade de reading mais!!!!!!!!
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Edla em Qua 10 Ago 2011, 7:58 pm

Eu continuo odiando a Kristina+1!!!!!

Junia e Teresa, que bom que vcs estão gostando dessa fic!

Já estou preparando uma outra, bem curtinha, com um capítulo ou dois... E o melhor de tudo: bem Jisbon !!!! Pra eu me redimir das tensões dessa daí! E nada de Kristina Frye!!

BJS!!!
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por teresa janes em Qui 11 Ago 2011, 1:02 am

Uma fic bem JISBON que maravilha celebrar !!!!!!!!!!!
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por junia seis em Qui 11 Ago 2011, 6:20 pm

Eba!!!!!!!!!Nada como uma fic bem jisbon pra relaxar café
Só não demora pra postar a continuação desta e postar a outra fato
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por ladymarion em Sex 12 Ago 2011, 2:28 pm

Oba!!!!!!!!!
Estou aqui na maior torcida para vc postar logo... celebrar

JISBON é tudo de bom....
lov

Beijinhos a todos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Edla em Sex 12 Ago 2011, 8:09 pm

Vcs só vão ter que esperar um pouquinho. Enquanto isso é seguir curtindo essa fic aí.
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Edla em Seg 29 Ago 2011, 5:47 pm

Será que ainda tem alguém querendo ver a continuação dessa fic? Espero que sim porque lá vai mais um capítulo!





A rotina dos agentes da CBI já era bem conhecida em casos de Red John: trabalho em dobro, com muitas horas extras, com seus valores pagos também em dobro, embora isso não representasse grande vantagem para quem trabalhasse nos casos, como a agente Lisbon.

Enquanto aguardava os resultados da perícia, Lisbon tentou recompor o último dia de vida de Abigail Frye a partir de depoimentos dos vizinhos e de algumas poucas anotações encontradas em uma agenda. Descobriu que ela fizera algumas compras via internet, apenas comida, e que o único compromisso que ela teve foi a consulta com o psiquiatra. Não havia nenhum agendamento importante ou arepetição de algum nome em particular.

Como Kristina havia dito, Abigail não tinha uma vida social muito movimentada, fato que de algum modo intrigava Lisbon. De maneira nenhuma, Abigail possuía o perfil que atraía Red John. Mais do que matar, ele acreditava estar numa missão de amor. Foi o que Rebecca, a ex-secretária de Bosco, dissera em depoimento. Mas que tipo de lição ele poderia querer ensinar a Kristina?

E havia outra hipótese, na qual Lisbon preferia não pensar no momento, mas que não a deixava em paz...

Organizadas em ima tela móvel transparente, Lisbon examinava uma a uma as fotos das diversas vítimas de Red John. Todas muito bonitas, usando lingerie ou uma camisola de seda. No alto do quadro estava uma das fotos de Abigail Frye tiradas pela perícia.

- Ela não se encaixa no perfil... - murmurou LIsbon.

- Vestida nesse camisetão de malha, parece bem mais indefesa que as outras - disse Jane ao seu lado.

- Não será um imitador? - indagou Grace - Não seria a primeira vez.

- Impossível - discordou Cho - As unhas dela foram pintadas com o próprio sangue.

- Então não é difícil concluir que a escolha de Abigail como nova vítima não foi aleatória - analisou Rigsby, encostada à mesa próxima ao sofá de Jane.

Com os olhos fixos no quadro, o consultor estava intimamente grato a Lisbon por não ter colocado ali as fotos de sua esposa e filha.

- As vítimas nunca são aleatórias - ele declarou.

Aquilo chamou a atenção de Teresa. Soube que Jane também tinha suas desconfianças, possivelmente as mesmas que ela. E isso a inquietou, pois Jane não parecia se preocupar.

- Temos que descobrir o motivo dele ter escolhido Abigail - disse Lisbon com algum esforço.

- Mas isso talvez não nos leve a ele... - ponderiu Van Pelt.

- Mas pode nos levar a algum cúmplice - disse Jane, compreendendo a ideia de Lisbon - Ele já nos mostrou que não age sempre sozinho.

- Até agora a única pessoa com quem ela parece ter tido contato recentemente foi o psiquiatra... hum... Dr. Richard Adams... - informou Grace, ao verificar suas anotações.

- Então, é por ele que vamos começar! - ordenou Lisbon, afastando-se do quadro - Cho, já temos os resultados da perícia?

- Isso é prioridade. Devemos receber um relatório preliminar ainda hoje.

- E as câmeras de segurança da rua?

- Já estão sendo analisadas, mas não foi notado nenhum movimento estranho ainda.

- Me avise assim que tiver alguma coisa.

- Sim, chefe.

- Vamos fazer um visita ao doutor Adams - disse Lisbon a Jane.

E saíram.





* * *



Sentada em uma cadeira num canto da sala, apenas uma mulher aguardava para ser recebida pelo doutor Adams. Isso indicava que ele estava atendendo alguém ou se preparando para recebê-la.

A jovem secretária do doutor exibiu um sorriso bastante hospitaleiro para Jane e Lisbon. O sorriso, no entanto, se desfez ao ver as credenciais da agente.

- Precisamos falar com o doutor - Lisbon disse.

- É sobre Abigail, não é? - a secretária perguntou de imediato - Vimos no noticiário. O doutor ficou horrorizado! Assassinada de maneira tão brutal!
Aquelas palavras chamaram a atenção da mulher sentada e causaram irritação em Lisbon.

- E pensar que nos vimos naquele dia quando ela esteve aqui para a consulta... - a secretária prosseguia sem se dar conta do quanto estava sendo inconveniente - ... E depois...

- Poderia dizer ao seu chefe que o CBI precisa falar com ele, senhorita? - insistiu Lisbon, interrompendo a secretária.

- Oh, claro!... Desculpem... É que estou um pouco nervosa... E isso tudo me chocou muito... -ela, então, parou, notando pelo olhar severo da agente que não deveria começar sua falação mais uma vez - Desculpem... O doutor está terminando de atender uma paciente... Poderiam aguardar um instante? Por favor, sentem-se!

Lisbon apenas acenou com a cabeça, mas preferiu ficar de pé.

Jane passeou pela sala, observando os diversos diplomas do doutor Adams pendurados nas paredes.

Teresa o observava discretamente. Estava procupada. Jane pouco discitia o caso, como se houvesse algo mais importante em que pensar. Isso a incomodava e alimentava ainda mais suas suspeitas sobre os motivos que levaram Red John a mater Abigail Frye.

O celular de Jane tocou, no entanto, ele só teve tempo de ler o nome de quem ligava, pois a porta da sala do doutor Richard foi aberta. O homem, aparentando 45 anos saiu acompanhado por outra mulher.

- Até a próxima consulta, senhora Price.

- Mais uma vez obrigada, doutor.

Jane guardou o cellular sem atendê-lo. Lisbon sabia quem era e imaginou que tudo ia começar de novo...

A secretária explicou quem eles eram. A expressão do doutor indicava que ele já esperava aquela visita.

Jane e Lisbon entram no consultporio e dessa vez decidira sentar nas cadeiras oferecidas por ele, bem mais confortáveis que as da sala de espera.

- O que pode nos dizer sobre Abigail Frye? - Lisbon evitou rodeios.

Doutor Adams não respondeu. Parecia ao mesmo tempo indeciso e constrangido.

- Acho que muito pouco do que eu disser poderá ajudar a solucionar esse crime... - ele disse.

- Isso caberá a nós decidirmos - falou Lisbon.

- O que deseja saber?

- Como estava o ânimo de Abigail em sua última visita?

O doutor suspirou.

- Geralmente, ao concluir uma consulta, eu já deixo a próxima agendada, para ter um controle dos progressos. Mas a maioria deles sempre retorna antes da data marcada.

- E Abigail era um desses pacientes?

- Sim. A consulta dela estava agendada para daqui a duas semanas. Então, acho que é fácil imaginar como ela estava.

- Sobre o que conversaram?

- Sobre o motivo dela ter antecipado a consulta.

- E qual foi?

- Andou abusando dos remédios prescritos sem que eles fizesssem o efeito desejado. Queria um mais forte.

- O senhor deu o que ela queria?

- A dependência de Abigail estava se tornando abusiva, por isso me neguei a receitar-lhe algo mais forte. Sugeri alguma atividade que lhe proporcionassse satisfação, mas preferiu não me ouvir.

- Sabe se ela estava se envolvendo com alguém?

- Não. Ela não tinha qualquer tipo de relacionamento amoroso, nem amigos.

- E o doutor? - Jane enfim falou - Também não era amigo dela?

- Não entendo osentido de sua pergunta.

- Há quanto tempo atendia Abigail?

- Há pelo menos seis meses.

- Seis meses? - Jane assentiu - Interessante. Segundo a irmã dela, Abigail não passava mais do que dois meses com o mesmo psiquiatra.

- Sei disso. E apesar dela não estar tão bem em sua última visita, eu estava satisfeito com o seu progresso.

- Só ela não parecia muito satisfeita com essse tal progresso - ressaltou Jane.

O doutor Richard respirou um pouco mais profudamente tentando não perder a calma.

- É natural que pacientes psiquiátricos não percebam a própria evolução. A insegurança e a ansiedade impedem um perfeito discernimento sobre o próprio estado.

Jane não pôde deixar de rir.

- Sabe o que mais me surpreende no senhor, doutor? É que não admite o próprio fracasso. Outros dariam desculpas, se aproveitariam de teorias infundadas. Mas o senhor não. Esforça-se valorosamente para defender o próprio método. Admito, é admirável!

- Não sei se isso chega a ser um elogio.

- E não é! Mas você deve ser bom no que faz.

- Meus pacientes não têm do que se queixar!

- Por que teriam? Dá a eles o que querem: conforto e atenção. Talvez por isso mesmo não percebam seus métodos!

- Desculpe, doutor! - interveio Lisbon - Mas meu colega tem o princípio de não gostar de gostar de psiquiatras em geral!

- Também não gosto dele em particular! - Jane apressou-se em dizer.

- Jane!

- Não vai querer que eu me desculpe por expressar minha opinião, não é? - ele revoltou-se - Tudo aqui é preparado para proporcionar conforto a quem quer que entre neste consultório. Levantar de cadeiras desconfortáveis para relaxar numa sala compoltronas aconchegantes. E, claro, não podemos esquecer do divã!

O desagrado estava estampado no rosto de Lisbon e do doutor.

- E não precisa perguntar! - Jane retomou - Sim! Eu o estou chamando de charlatão!

"Como se você também não fizesse o mesmo!", Lisbon conseguiu guardar esse pensamento para si.

- E eu sei o que você está pensando! - Jane disse captando o olhar acusatório dela.

- Como eu já lhe disse antes, agente Lisbon... - o médico falou, erguendo-se, sem deixar de fitar Jane - ... nada do que eu diga poderá ajudar a solucionar o seu caso!

- Concordo! - falou o consultor, também erguendo-se - Vamos embora, Lisbon! Bem, a não ser que você acredite que fazer o nosso caro doutor falar sobre a paixão que suas pacientes nutrem por ele possa nos levar a Red John!

- Como você ousa?

- É, é, eu já sei! - falou Jane, enquanto abria a porta - Eu não tenho esse direito! Você não estimula de modo algum esse comportamento entre suas clientes e blá-blá-blá...

- Agente Lisbon, espero que o CBI tenha bons advogados pois não vou permitir este tipo de calúnia!

- Por favor, senhor, desculpe o meu colega! - pediu Lisbon, já de pé e prestes a sair - Saiba que o comportamento dele não reflete de maneira nenhuma a postura do CBI! Com licença!

Segundo diretamente atrás de Jane, Lisbon passou pela secretária do doutor que servia café a uma outra paciente que chegara.

- Sabia que você está piorando as coisas com tudo isso? - Lisbon esbravejou quando já estavam na rua - Ou é algum novo método de interrogatório que está testando?

Jane tinha as mãos na cintura e respirava fundo.

- O que está acontecendo com você? - Lisbon indagou.

Jane cogitou por um segundo responder, mas o celular de Lisbon tocou, impedindo-o de tomar uma decisão.

- Cho, o que foi? - ela não tirou os olhos dele - Ok! Já estamos a caminho!

Lisbon desligou o telefone e ainda olhava para Jane com irritação, mas ele pôde notar também o quanto ele estava preocupada com ele e isso o envergonhou.

- Vamos! - ela disse diante do silêncio dele - Cho tem novidades.





CONTINUA...
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por junia seis em Ter 30 Ago 2011, 1:55 pm

Será que ainda tem alguém querendo ver a continuação dessa fic?
É claro que tem celebrar
Capitulo muito bom,na hora do consutorio achei até que o jane ia pular em cima doutor,imagino a cara que a lisbon deve ter feito ....Ah por que parou logo ai?Continua por favor piscada
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Edla em Ter 30 Ago 2011, 7:51 pm

Eu queria me desculpar por passar tantos dias sem postar nada.

É que tive alguns problemas e só entrava no fórum às sextas pra acompanhar a fic da Gi. A intenção é postar com mais regularidade. Muito obrigada pelo carinho!!

BJS!!!
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por teresa janes em Qua 31 Ago 2011, 5:32 pm

Só a Lisbon para aguentar as loucuras do Jane.
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por ladymarion em Qua 31 Ago 2011, 9:41 pm

Aiiiiiiiiiiiiiiiiiii
Esse Jane, tá impossível.... sabe atormentar uma pessoa como ninguem..
haha
O que será que o Cho descobriu? Hen? Hen?
Curiosa.... happy1

Por favor, continue postando sim....
To amando!!!!!!!

Beijinhos
gi


ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: O último caso

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum