The Mentalist Brasil


Seja bem vindo!

Para acessar todo
o conteúdo do forum e fazer amigos,


REGISTRE-SE e APRESENTE-SE!


Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Página 7 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Sex 26 Ago 2011, 3:03 pm

Oi junia..... celebrar

Paty é muito querida, ela é sempre atenciosa com todos a sua volta.
Agora a Kristina que se prepare, as coisas vão ficar um tantinho tensas para o lado dela Demon
É possível que role só mais quatro mesmo, vamos ver até lá.

Já estou postando o cap.
Beijinhos

gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Sex 26 Ago 2011, 3:04 pm



Capítulo 13







Em um pequeno
hotel




Kristina estava dormindo um pouco.
Ela parecia estar tendo uma espécie de pesadelo, pois suava frio e sua respiração estava descompassada.

- Ahhhhhhhhh! - ela gritava, sentindo uma mão em seu rosto.
- Shhhhhh!!! - dizia uma voz feminina, acendendo o abajuar ao lado da cama.
- Mas... - murmurava Kristina, sem entender o que acontecia.
- Oi... precisamos conversar. - dizia a " visitante ", com uma postura firme como a de um oficial de polícia.
- Como entrou aqui? E quem é você? - indagava a vidente, se sentando sobre a cama rapidamente.
- Sou uma amiga do governador... ele quer falar com você.
- Falar comigo? Com toda essa investigação? Não acho prudente e....
- Ele esta detido na CBI, e não está contente com isso.
- Diga para ele não se preocupar, deve estar lá apenas pelo que aconteceu com a agente Lisbon. - Kristina avisava ao se levantar e acender a luz do quarto.
- Encontraram provas contra ele, estavam no cofre que a agente Lisbon achou.
- Não acredito que ele foi tão idiota de deixar as provas em casa. - murmurava Kristina, com desdém.
- Ele está sendo interrogado agora mesmo, pela Hightower.
- Diga para ele inventar alguma coisa, ele é um politico... é bom nisso.
- Tome.... - dizia a garota, lhe jogando seu celular.

Kristina a pegava um pouco atrapalhada......

- Se você não ligar para o governador nos próximos dez minutos, ele contará tudo a Hightower.
- Como é que é? Ele está me ameaçando? - perguntava Kristina, bastante enfurecida.
- Você ouviu.... ele contará que foi você quem pagou para que ele assassinasse os dois assoaciados do clube, e que possívelmente mandou alguém preparar aquela armadilha na casa dele.

Kristina gargalhava enquanto pegava uma pequena estátua de ferro sobre a cômoda.
Rapidamente ela acertava a cabeça da garota, que caia logo em seguida.....
A vidente se aproximava devagar, constatando que havia feito um grande ferimento no crânio dela, que não parava de sangrar.

- Isso foi por sua audácia em me desafiar... - dizia Kristina, jogando o objeto em meio a suas roupas para leva-lo dalí.

Tanquilamente ela liga o celular que foi lhe dado, se abaixava e tirava uma foto de sua vítima...
Em seguida ela criava uma mensagem de texto....


" - Isso é o que vai acontecer com a Brigit se você me dedurar a Hightower "


Ela clicava em enviar, e em seguida... o soltava em cima do corpo.
Cantarolando um tanto tranquila, Kristina arrumava suas coisas para poder deixar logo o local.



No hospital



Já anoitecia.
Assim que havia terminado de arrumar as malas, Paty havia ido até o quarto de Grace.
As amigas combinaram de esperar por Cho e Rigsby alí mesmo, pois estavam preparadas para irem embora.
Enquanto conversavam, os agentes da CBI chegavam parecendo bastante preocupados.

- O que aconteceu? - perguntava Grace, ao ve-los tão tensos.
- Oi... desculpe, pegamos um engarrafamento daqueles.... - comentava Rigsby, que abraçava Paty para em seguida dar um beijinho em Grace.

Cho discretamente se aproximava da namorada, que lhe dava um pequeno selinho.
Ele acenava para Grace, que lhe sorria cordialmente....

- Estão mesmo bem? Digo... para deixar o hospital? - Rigsby perguntava se mostrando preocupado com elas.
- Já sim, graças a Deus. Quase não sinto dores... e Paty também está ótima, olha como ela está radiante? - brincava Van Pelt.
- É... mas o médico pediu para Grace se cuidar. Sem sem muito esforço, e qualquer dor de cabeça e naúseas... ela deve voltar imediatamente. - avisava Paty.

- E você Paty? O médico disso algo? Você e o bebê estão mesmo bem? - perguntava Cho, um tanto nervoso.

Paty sorria enquanto pegava uma de suas mãos...

- Estou bem, um pouco enjoada mas... nada grave.- dizia ela, colocando a mão dele sobre seu ventre enquanto encostava a cabeça em seu ombro.
- Vai ser engraçado ver o Cho correndo atrás dos seus desejos durante a madrugada... - brincava Rigsby, fazendo todos rirem.
- Vocês por acaso sabem se o Jane esteve por aqui? - perguntava Rigsby.
- Não... não o vi. - comentava Van Pelt.
- No quarto da Lisbon ele também não esteve.... tivemos lá a pouco tempo. - avisava Paty.
- Isso está tão estranho, não gosto desse sumisso....- dizia Rigsby.
- E não foi só ele... também não conseguimos falar com a Kristina Frye. - avisava Cho.
- Acha que aconteceu algo a eles? - Grace perguntava com receio.
- Esperamos que não... Hightower deixou uma patrulha na casa da Frye, e na antiga casa do Jane... - avisava Cho.
- Coitado, ele deve estar se sentindo tão culpado por tudo o que vem acontecendo. - dizia Grace,
- Tenho medo que ele tente ir atrás do Red John sozinho, poderia acabar morto. - comentava Rigsby.
- E quanto ao Fuller? Alguma coisa?
- Infelizmente a pista que seguimos não deu em nada Grace, é como se ele tivesse desaparecido no ar... - comentava o namorado.
- E o governador? - perguntava Paty.
- Está conversando com Hightower... alguns oficiais encontraram na casa dele uma arma que, combina com a usada nos assassinatos do clube. - dizia Cho.
- Mas... ele não estava fora da cidade no dia? A namorada dele não ajudava a senhora Maknelson a cuidar do clube ? - lembrava Grace.
- Sim... mas ele deu um jeito de voltar sem ser notado... - argumentava Cho.
- Temos certeza que ele foi mandado por alguém, pois no cofre... também havia diversos malotes de dinheiro, que ele não havia declarado a origem.... - dizia Rigsby.
- Sei que é uma idéia louca mas... já pessaram na possibilidade dessas mortes no clube terem sido apenas iscas para nos atrair? Porque... tudo parece tão arquitetado.... - murmurava Grace.
- Eu não duvidaria nada. - comentava Rigsby.
- Se eu não me engano, esse caso foi parar diretamente na mesa da Hightower, não passou por nossos superiores. - afirmava Cho.
- Er... pessoal.... - murmurava Paty.
- O que foi? - perguntava Van Pelt.
- Ah! Nada... foi só uma coisa boba que pensei... - dizia ela, um tanto sem graça.
- Fala...o que está pensando? - Cho pedia em um tom carinhoso.
- Já pensaram na hipótese daquela vidente saber o que está acontecendo?

Todos a olhavam com surpresa.....

- Por que está desconfiada dela, viu algo suspeito? - perguntava Rigsby.
- Fala Paty.... - pedia Cho, segurando suavemente suas mãos.
- Bem... não sei se vale de algo mas, enquanto eu caminhava um pouco pelos corredores, vi duas enfermeiras conversando com uma paciente e... ela dizia que não confiava na Kristina. Que pouca gente sabia mas... que ela era fria e vingativa, ainda mais depois do que ouve com sua mãe... - dizia ela, suspirando profundamente.
- Como assim? - perguntava Cho.
- A paciente dizia que Kristina se revoltou por completo com o assassinato de sua mãe, e que só voltou a sorrir ao encontrar o Jane, e notou que ela parecia um tanto obsecada ao falar dele o tempo todo. - murmurava Paty, bastante nervosa.
- Mas como Kristina se ligaria ao Fuller e ao Red John? Não faz sentido...- dizia Rigsby.
- O Red John pode ter usado a Kristina apenas para se aproximar do Jane, tramaram tudo... sabiam que ele se sentiria culpado se algo acontecesse a nós e a Lisbon. Assim Jane se isolaria, Kristina tentaria conquista-lo e Red John poderia atormenta-lo ainda mais. - dizia Cho.

Rigsby ficava pensativo por alguns segundos, e antes que alguém lhe perguntasse algo... ele se aproximava de Paty.

- Paty, você por um acaso ouviu como a mãe da Kristina morreu?
- Sim, suicídio... parece que o pai dela disse que isso era culpa deum falso vidente...

Rigsby, Cho e Van Pelt ficavam brancos como uma folha de papel.

- Não está achando que ela é.... - murmurava Grace
- Kristina pode ser filha do Red John.- dizia Cho, extremamente chocado com aquela possibilidade.



No esconderijo
de Jane




Jane terminava de sair do banho.
Ele vestia uma calça social cinza, uma camiseta branca com alguns botões entre-abertos.
O consultor caminha descalço pelo extenso tapete enquanto secava seus cabelos, mas de repente ele sentia que algo estava diferente.....

- Estranho..... - murmurava ele, dando pequenos passos enquanto olhava em várias direções.

Tinha a estranha sensação de que estava sendo observado.
Jane abria a porta do quarto, e descia as escadas com muito cuidado.

- Hun!- murmurava ele, sorrindo ao ver que uma das janelas estava aberta, e que a persiana batia levemente na parede.

Após tranca-la novamente, Jane ia tranquilamente até a cozinha.
Ele nem percebeu quando um vulto negro passou por de trás dele.
Jane nem imaginava que Red John estava ao seu encalço.







Continua.........


Última edição por ladymarion em Dom 28 Ago 2011, 1:38 pm, editado 1 vez(es)

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por Edla em Sex 26 Ago 2011, 7:49 pm

Ai, não!! Agora eu fiquei com medo! E a Frye, então? Tem mesmo a quem puxar!

Adorei a cena em que Cho, Paty, Rigsby e Grace deduziram a verdade sobre a bruaca! Bem ao estilo Patrick Jane!Idea

E quando teremos notícias da Lisbon?

Também fiquei triste pela história já estar acabando, Gi! Nunca vou conseguir dizer o quanto estou amando a sua fic e na torcida pra que vc poste outra rapidinho! Mas tudo se pressão!

BJS!!!!
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por junia seis em Sex 26 Ago 2011, 8:31 pm

- Não está achando que ela é.... - murmurava Grace
- Kristina pode ser filha do Red John.- dizia Cho, extremamente chocado com aquela possibilidade.
Isso mesmo gente yeah Ao classico estilo do jane...
E a lisbon?Ela já está melhor? Question
O que vai acontecer com o jane? scared
Meu deus,só de pensar que eu vou ter que esperar até sexta que vem,pra saber o que vai acontecer eu sou capaz de ter um surto...
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por teresa janes em Sab 27 Ago 2011, 12:50 am

Como a Lisbon está,será que está melhor?E o RJ vai pegar o Jane?Ai meu pobre heart !!!!!!!!!!!
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Qua 31 Ago 2011, 9:24 pm

Olá pessoal... celebrar

Edla - Kristina está soltando todo seu veneno, ela é tão má quanto o pai, o sanguezinho ruim... Evil or Very Mad
Os amigos do Jane estão atentos, e ainda bem que descobriram tudo a tempo, agora é correr para poder avisar o Jane.
Lisbon está bem, e prestes a acordar mais adiante..
Realmente falta pouco caps para acabar, mas viciada do jeito que sou, logo vem outra... Razz

junia - Mantenha a calma e prepare o coração, pois esses caps finais terão muitas surprezinhas...
celebrar
Jane está cercado por amigos maravilhosos, que farão de um tudo para livra-lo da Kristina e de seu pai... Lisbon aparecerá logo, ela precisa ter uma conversinha com a Kristina, Demon
Jane acha que esta seguro, mal sabe ele....

teresa - Lisbon está se recuperando, imagina só quando ela ficar frente a frente com a Kristina... witchhunt
O Red John fechou o cerco, sabe-se lá o que esse louco está planejando fazer com o Jane, medão!!!!!!!


Beijinhos pessoal.
Muito obrigada por ler e comentarem.

gi


Última edição por ladymarion em Qua 31 Ago 2011, 9:31 pm, editado 1 vez(es)

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Qua 31 Ago 2011, 9:25 pm

MINI-PROMO:
VOCÊ É TUDO PARA MIM - CAPÍTULO 14



No quarto de Lisbon.
Kristina havia conseguido entrar no quarto da namorada de Jane sem maiores problemas.
A vidente estava prestes a acabar com a concorrência de uma vez por todas....


" - Oi Lisbon...- sussurrava ela, lhe dando um beijo na testa enquanto era observada pelo agente lá fora.

Com calma a vidente andava ao redor de sua cama, parando ao lado do soro.
Ela suspirava ao perceber que sua agônia estava por acabar....
Após perceber que não estava sendo vigiada, Frye retira uma seringa de seu casaco.
Ela sorria de forma perversa ao olhar para Lisbon.

- Desculpe querida, mas não deixarei você viver para acabar com minhas chances em ter o Jane só para mim... - dizia ela, erguendo sua mão ao pegar a mangueira do soro.

Mas antes que pudesse injetar o líquido no soro, ela era supreendida pela porta se abrindo...
Rapidamente Kristina abaixava mão, escondendo a seringa.

- Senhorita Frye? - um outro agente lhe chamava assim que entrava no local.
- Sim... algum problema? - perguntava ela, tentando se manter calma.
- Desculpe, mas a senhorita precisará vir comigo.
- Por que? Sou amiga dela... já estive aqui com os agentes Rigsby, Van Pelt, Cho....
- Sim, eu sei... na verdade, eles estão procurando pela senhorita, e me pediram que se aparecesse... era para escolta-la até a CBI.
- Me escoltar? Eu não estou entendendo.... - perguntava ela, se mostrando indignada. "



********************************

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por junia seis em Qui 01 Set 2011, 3:30 pm

O que foi isso?!Eu vi alguem tentando algo contra a lisbon?Ah mas essa Kristina ta pendido pra apanhar bad2
Eu só tenho uma coisa a dizer : Sexta que não chega logo fato
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Sex 02 Set 2011, 2:46 pm

Oi junia..... celebrar

Pois então!!!!!!!!!!
Kristina esta totalmente fora de controle, perigoso!!!!!!!!!!!!!!!!!
Já vou postar o cap yeah

Beijinhos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Sex 02 Set 2011, 2:47 pm

Capítulo 14







Na CBI



Hightower estava em sua sala, conversando ao telefone.
Ela via quando seus amigos se aproximavam e assim que todos entravam, Rigsby fechava a porta.
O agente seguia para o lado de Van Pelt, que estava em frente a mesa da chefe.
Já Paty e Cho, se sentavam nas cadeiras em frente a mesa....

- Não sabiam que tinham ganhado alta. - comentava Hightower, com um grande sorriso nos lábios.
- Nós estamos bem, o médico disse que se nos cuidássemos... poderíamos ter alta. - dizia Paty.
- Sem contar que, todos aqueles agentes nos vigiando, deixavam algumas pacientes e funcionários um tanto ressabiados. - brincava Van Pelt.
- Alguns ainda permaneceram ao lado da Lisbon?
- Sim senhora... pedi para ficarem atentos a qualquer pessoa que tentasse visita-la. - respondia Rigsby.
- Alguma notícia do Jane? - perguntava Cho.
- Nada, ele realmente se afastou. - dizia Hightower.

Paty e Van Pelt suspiravam desanimadas.

- E a conversa com o governador? - perguntava Van Pelt.
- Pouco produtiva... ele está mesmo acobertando alguém. Assim que confrontado com as provas encontradas por Lisbon... ele assumiu a culpa pelos crimes no clube, mas quanto aos atentados... não quer falar nada, apenas que não teve nada haver com isso.
- Mas... nem no caso da Lisbon ele pode ser acusado? - perguntava Van Pelt.
- Infelizmente não, nada comprova que ele montou ou comprou aquela armadilha, a equipe de segurança confirma que nunca tiveram ordens para preparar aquilo.
- É... chefe? Precisamos lhe falar algo. - dizia Cho, fazendo com que Paty se virasse e olhasse em seus olhos... parecendo um pouco preocupada.
- O que foi? - perguntava Hightower.
- Bem,é que.... - murmurava Rigsby.
- Estamos desconfiados que o governador esteje acobertando a Kristina. - dizia Van Pelt.
- Kristina? Kristina Frye? - a chefe perguntava abismada.

Todos eles faziam que sim com a cabeça.

- Mas, como....
- Vamos explicar... Paty... - pedia o namorado.

Paty e seus amigos começavam a explicar suas teorias sobre o envolvimento de Kristina nos atentados.
Hightower parecia não acreditar no que ouvia....



Enquanto isso....



Após falar com um agente que cuidava da porta do quarto de Lisbon, Kristina Frye conseguia entrar sem ser notada por outras pessoas. Com calma, ela chegava perto da cama da rival....

- Oi Lisbon...- sussurrava ela, lhe dando um beijo na testa enquanto era observada pelo agente lá fora.

Com calma a vidente andava ao redor de sua cama, parando ao lado do soro.
Ela suspirava ao perceber que sua agônia estava por acabar....
Após perceber que não estava sendo vigiada, Frye retira uma seringa de seu casaco.
Ela sorria de forma perversa ao olhar para Lisbon.

- Desculpe querida, mas não deixarei você viver para acabar com minhas chances em ter o Jane só para mim... - dizia ela, erguendo sua mão ao pegar a mangueira do soro.

Mas antes que pudesse injetar o líquido no soro, ela era supreendida pela porta se abrindo...
Rapidamente Kristina abaixava mão, escondendo a seringa.

- Senhorita Frye? - um outro agente lhe chamava assim que entrava no local.
- Sim... algum problema? - perguntava ela, tentando se manter calma.
- Desculpe, mas a senhorita precisará vir comigo.
- Por que? Sou amiga dela... já estive aqui com os agentes Rigsby, Van Pelt, Cho....
- Sim, eu sei... na verdade, eles estão procurando pela senhorita, e me pediram que se aparecesse... era para escolta-la até a CBI.
- Me escoltar? Eu não estou entendendo.... - perguntava ela, se mostrando indignada.
- Me desculpe, acho que não fui muito claro, eles apenas me pediram para escolta-la devido aos atentados em relação a esquipe e seus amigos... - dizia ele, com um discreto sorriso.
- Ah! Sim... claro. - comentava Kristina, fingindo estar sem graça.

Com muito cuidado, Kristina colocava suas maõs nos bolsos de seu casaco...conseguindo guardar a seringa.

- Está pronta? - perguntava o agente?
- Claro, não os deixaremos esperando.... - dizia Kristina, jogando um beijinho para Lisbon assim que se afastava.

O agente avisava seu parceiro que escoltaria Kristina, é que era para ele cuidar da segurança da agente Lisbon.
Enquanto Kristina era escoltada pelos corredores, ela tentava achar uma maneira de escapar sem fazer muito alarde.....

- Será que... eu poderia ir ao Toalete antes? - perguntava ela, com um pequeno sorriso.
- Claro, espero aqui. - dizia o guarda, parando em frente a porta do banheiro... que ficava a alguns metros a frente.

Kristina entrava, e verificava se estava sozinha... ao ter confirmação, ela olhava pela janela lateral.
Percebia que pelo lado de fora havia uma escada de incêndio. Ela então abria a janela, passando por ela com uma certa dificuldade, tanto que uma parte de seu casaco se rasgava ao ficar preso... com isso, a seringa caia ao chão....
Assim que a janela batia, ela corria escada a baixo....

Por causa do barulho, o agente que a escoltava entrava armado....

- Senhorita Frye? - ele a chamava, percebendo que ela havia desaparecido.

O agente via que a janela estava se movendo, e em baixo dela... encontrava uma seringa quebrada e um pedaço do casaco da Kristina. Ele então pegava um saquinho de evidências para coletar as provas. Assim que terminava, ele pegava seu celular...

- Oi... é o Roger... Kristina Frye desapareceu. - ele avisava ao mesmo tempo que saia do banheiro.



Já a duas quadras
do Hospital...




Kristina andava apressada, olhando em várias direções para ver se estava sendo seguida pela CBI.
Ela estava furiosa, achando que o governador a havia entregado.

- Ele vai ver que ninguém me desafia e se dá bem.... - dizia ela rancorosa, tentando ligar para o Fuller.

Frye estava prestes a atravessar a rua quando, um carro parava logo a sua frente.

- Fuller?
- Entra, agora. - avisava ele, um tanto apressado.

Kristina entrava no carro, e ele rapidamente saia dalí.

- Eu estava ligando para você, quero que faça um outro servicinho para mim. - avisava ela, com um olhar maldoso.
- É? Ele perguntava sem muito interesse...
- Quero que acabe com a Brigit, a afilhada do governador... ele vai pagar por ter me ai!!!!!! . - gritava ela, ao sentir que Fuller havia enfiado uma seringa em sua perna.

Kristina começava a perder seus sentidos enquanto olhava para ele....

- Órdens do seu pai, desculpe. - dizia ele, com um sorriso maroto ao pegar uma outra rota.



Já tarde da noite
No esconderijo de Jane




Jane estava no quarto de hóspedes sentado sobre a cama, nela havia alguns papéis e recortes de jonais sobre supostos crimes cometidos pelo Red John, inclusive os ataques referentes aos seus amigos. O consultor pesquisava algo na internet quando ouvia um barulho estranho vindo do andar de baixo.....

- Hum... - murmurava ele, de forma curiosa enquanto soltava o Notebooke na cama.

Enquanto se levantava, ele abria a gaveta de uma cômoda...pegando uma arma, que havia comprado pare seu embate final com Red John. Jane a segurava com cuidado enquanto saia do quarto....

- Kristina, é você? - perguntava ele, andando até a escadaria.

Sem respostas... Jane descia as escadas devagar.
Assim que se aproximava do sofá, via que Kristina estava nele... parecendo desacordada.

- Meu Deus.... Kristina. - murmurava ele, tocando o rosto dela enquanto segurava a arma com a outra mão.

Ele percebia que ela não lhe respondia, parecia estar dopada....
Jane engolia em seco, mas antes que pudesse fazer algo, sentia alguém apertar seu pescoço....
O consultor tentava se desvencilhar, acertando a coronha de sua arma no joelho do agresssor.

Os dois caiam no chão, e Jane perdia sua arma.

- Você....- murmurava Jane, reconhecendo Fuller.
- Soube que andava a minha procura. - revidava o bandido, com um olhar maldoso.
- Cadê o Red John? - perguntava Jane rapidamente.

Fuller gargalhava frenéticamente, Jane acabava sendo tomado por uma raiva monstruosa.
Antes que conseguisse pegar Fuller, o consultor era atingido na cabeça, desmaiando logo em seguida.

- Timing perfeito.... - dizia Fuller com tranquilidade, olhando seu amigo de longa data.
- Leve-o para cima, o prenda a cadeira da bibliteca, e... certifique-se de que não escapará.
- Pode deixar Red John. - avisava Fuller, colocando Jane em seus ombros e o levando para o andar de cima.

Red John suspirava, e então se abaixava ao lado do sofá de Kristina.

- Desculpe minha filha, mas não deixarei seu amor por esse charlatão acabar com minha vingança. - dizia ele, beijando sua testa para em seguida ir atrás de Fuller e Jane.







Continua..............


Última edição por ladymarion em Sex 09 Set 2011, 11:23 am, editado 1 vez(es)

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por junia seis em Sex 02 Set 2011, 6:50 pm

As coisas realmente começaram a esquetar,tenho até medo do que está por vi scared
Eu juro que eu ainda mato a frye,mas que atrevimento ela tentado matar a lisbon! Demon
Pelo jeito que estão andado as coisas é bem capaz de quem vai salvar o jane é frye (eu não queria dizer isso,não mesmo) por que lisbon ainda ta no hospital,cho,rigsby,van pelt e a paty não sabe onde está jane e a unica pessoa que pode está salvando o jane é frye,diga de se passagem ignorar
Então é isso,estou mais fan dessa fic a cada novo capitulo,já estou na espera pelo proximo e que passe logo a semana fato
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por Edla em Sex 02 Set 2011, 8:30 pm

Com um pai igual o Red John, a Frye não vai nem precisar se preocupar com o CBI atrás dela ! Melhor ser órfã de família inteira!

Quando é que a Lisbon vai acordar? Desse jeito a teora da Junia vai se confirmar e o Jane ainda se sentir em dívida com a bruaca:no: !

Gi, nunca pensei que você pudesse chegar tão longe com essa fic: o Jane nas mãos do Red John e a Frye louquinha por ele! Está cada vez mais de parabéns pela coragem e criatividade!!!

BJS!!!
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Qua 07 Set 2011, 2:09 pm

Oláaaaaa celebrar

junia - A coisa esta meio feia para o lado do Jane, que caiu numa tremenda armadilha. Os amigos do consultor estão muito preocupados com sua segurança, ainda mais que agora sabem de todo o envolvimento da Kristina. Aliás, ela ama o Jane, de um jeito extremamente doentiu... mas ama. Creio que ela e o pai terão um embate feissímo por causa de nosso querido consultor.

Edla - Aquela vidente de araque tem o sangue ruim da familia né?
Jane ter que dever algo a ela é complicado, ela o quer... não importa como, e creio que se ela tiver que escolher entre o Jane e o Red John, a coisa vai ficar feia para o pai dela, Evil or Very Mad
Obrigada pelos elogios, fico contente por ter gostado dessas teorias tão mauquinhas, heheheh.

Vou postar a mini-promo, que com certeza, vai alegrar muita gente!!!!!
Beijinhos a todos

Obrigada pelos comentários
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Qua 07 Set 2011, 2:10 pm

MINI-PROMO:
VOCÊ É TUDO PARA MIM - CAPÍTULO 15


No hospital.
Rigsby e Cho foram rapidamente para lá assim que souberam da fuga de Kristina.
Eles estavam em frente ao quarto de Lisbon, visivelmente chateados com o ocorrido......

" - Alguma pista de onde ela possa ter ido? - Rigsby perguntava ao agente responsável pela vidente.
- Não senhor, ela simplesmente desapareceu.... me desculpe, devia ter ficado mais atento. - respondia o oficial, um pouco envergonhado.
- Se ela fugiu, é porque nossas suspeitas estão certas. - dizia Cho, que olhava para Rigsby enquanto respirava fundo.
- Filha da mãe, não acredito que ela nos enganou esse tempo todo. - comentava Rigsby, visivelmente frustrado.

Um enfermeiro se aproximava deles, chamando a atenção dos agentes.

- Bem, aqui está o resultado que me pediu. - o enfermeiro entregava alguns papéis ao agente que acompanhava Kristina.
- O que é isso? - perguntava Rigsby.

O enfermeiro se afastava para examinar Lisbon....

- Encontrei uma seringa em um pedaço do casaco que a senhorita Kristina vestia... é sianureto. - dizia o agente, passando os dados ao Cho.
- Mas que pilantra, ela tentou envenenar a Lisbon, só pode.- dizia Rigsby furioso, vendo o enfermeiro examinar a chefe através do vidro do quarto.
- Temos que falar com Hightower sobre isso, precisamos de um mandado contra a Kristina... antes que ela possa acabar ferindo a Lisbon... - dizia Cho, se poscionando ao lado do amigo.

Eles viam quando o enfermeiro dava um pequeno recuo, parecendo assustado....
Rapidamente Cho e Rigsby adentravam o quarto.

- O que houve? - perguntava Rigsby.
- Ela está bem? - continuava Cho.
- Er...parece que sim, mas...tive a impressão dela ter murmurado algo... - dizia o enfermeiro, atento a ela.

Cho e Rigsby davam a volta na cama, ficando do outro lado.
Com muito cuidado, Rigsby tocava a mão de sua chefe.

- Lisbon? Pode nos ouvir? - perguntava ele, tentando segurar a ansiedade. "


********************************

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por junia seis em Qua 07 Set 2011, 4:19 pm

Não faz assim não gi,agora eu não vou aguentar de tanta curiosidade pra saber o que a lisbon falou (apezar de ter uma leve ideia... censurado) Só de pensar que hoje ainda é quarta da um despero pra que chegue logo sexta jump
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por teresa janes em Qui 08 Set 2011, 1:18 am

Não faz assim não gi,agora eu não vou aguentar de tanta curiosidade pra saber o que a lisbon falou+1.
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Sex 09 Set 2011, 11:16 am

Olá.... celebrar

junia - Hahaha, calma... respira.
O dia chegou, Lisbon vai acordar com a corda toda, happy1

teresa - E o suspense acabou, Lisbon acordado... Kristina em sérios problemas, Evil or Very Mad

Beijinhos meninas
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Sex 09 Set 2011, 11:20 am

Capítulo 15







No hospital



Alguns oficiais estavam em frente ao quarto de Lisbon.
Eles viam quando Cho e Rigsby voltavam ao local... e perceberam que eles pareciam chateados com a fuga de Kristina.

- Alguma pista de onde ela possa ter ido? - Rigsby perguntava ao agente responsável pela vidente.
- Não senhor, ela simplesmente desapareceu.... me desculpe, devia ter ficado mais atento. - respondia o oficial, um pouco envergonhado.
- Se ela fugiu, é porque nossas suspeitas estão certas. - dizia Cho, que olhava para Rigsby enquanto respirava fundo.
- Filha da mãe, não acredito que ela nos enganou esse tempo todo. - comentava Rigsby, visivelmente frustrado.

Um enfermeiro se aproximava deles, chamando a atenção dos agentes.

- Bem, aqui está o resultado que me pediu. - o enfermeiro entregava alguns papéis ao agente que acompanhava Kristina.
- O que é isso? - perguntava Rigsby.

O enfermeiro se afastava para examinar Lisbon....

- Encontrei uma seringa em um pedaço do casaco que a senhorita Kristina vestia... é sianureto. - dizia o agente, passando os dados ao Cho.
- Mas que pilantra, ela tentou envenenar a Lisbon, só pode.- dizia Rigsby furioso, vendo o enfermeiro examinar a chefe através do vidro do quarto.
- Temos que falar com Hightower sobre isso, precisamos de um mandado contra a Kristina... antes que ela possa acabar ferindo a Lisbon... - dizia Cho, se poscionando ao lado do amigo.

Eles viam quando o enfermeiro dava um pequeno recuo, parecendo assustado....
Rapidamente Cho e Rigsby adentravam o quarto.

- O que houve? - perguntava Rigsby.
- Ela está bem? - continuava Cho.
- Er...parece que sim, mas...tive a impressão dela ter murmurado algo... - dizia o enfermeiro, atento a ela.

Cho e Rigsby davam a volta na cama, ficando do outro lado.
Com muito cuidado, Rigsby tocava a mão de sua chefe.

- Lisbon? Pode nos ouvir? - perguntava ele, tentando sengurar a ansiedade.
- Chefe? Se puder nos ouvir... aperte a mão no Rigsby. - pedia Cho...igualmente esperançoso.
- Desculpe, acho que foi apenas impressão minha... - dizia o enfermeiro, assim que coçava a cabeça.
- Uouu!!! - dizia Rigsby, ao sentir Lisbon mexendo levemente as mãos.
- Minha nossa, vou chamar o médico.- dizia o enfermeiro, deixando a sala rapidamente... fazendo com que os outros agentes olhassem para dentro do quarto.
- Chefe? Consegue abrir os olhos? - pedia Rigsby.

Com uma certa dificuldade, Lisbon piscava algumas vezes antes de abrir os olhos por completo.

- Graças a Deus... - murmurava Cho.
- Você voltou.- dizia Rigsby, beijando levemente a testa dela.

Nessse mometo o médico chegava, fazendo os agentes se afastarem.
Ele retirava os tubos de Tereza, que tussia um pouco.

- Como se sente? - perguntava o médico, com um largo sorriso na face.
- Bem... apesar de me sentir um pouco atordoada.

Cho e Rigsby se entre-olhavam, achando aquilo o máximo.

- Você foi traga a tempo, conseguimos eliminar o veneno mas... ficamos com medo de que pudesse ter algum dano permamente, você lutou bastante. Estou orgulhoso. - dizia o médico, bastante aliviado com sua recuperação.
- Obrigada... onde... onde estão os outros? E o Jane? - murmurava ela, respirando profundamente.

Rigsby e Cho se aproximavam da cama dela com uma expressão preocupada.

- Nós vamos lhe contar tudo.- dizia Rigsby, começando a lhe explicar o que havia acontecido desde seu acidente.



No esconderijo
do Jane




Jane abria os olhos, e se via preso a uma cadeira.
Ele resmungava de dor, devido a lesão que sofreu na cabeça.
O consultor tentava se soltar, mas as cordas pareciam ser amarradas com nó de marinheiro.

- Droga! Preciso sair daqui. - murmurava ele, tentando arrastar a cadeira até uma cômoda.

Mas então se surpreendia quando a porta era aberta por Kristina.

- Jane... - murmurava ela, correndo até ele e o abraçando em seguida.
- Você está bem Kristina?
- Estou.... achei que tivesse......
- Eu estou bem, mas será que podia encontrar algo para me livrar dessas cordas? - ele pedia com uma voz engraçada.
- Nem tente.... - dizia Fuller, adentrando o local.

Kristina voltava sua postura normal, ficando ao lado de Jane.

- Deixa ela ir....- dizia Jane.
- Hahahaha, e você se diz tão esperto... - dizia Fuller, que gargalhava sem parar.

Jane olhava a tranquilidade de Fuller, e então voltava sua atenção a Kristina....

- Você o conhece? - perguntava Jane.
- Er, bem... - murmurava Kristina.
- Ah! Meu Deus... você esta junto com ele? Como pode machucar meus amigos a Lis... - Jane parava de falar assim que via a expressão de raiva nos olhos dela.
- Me desculpe, não achei que as coisas tomariam essa proporção. - dizia ela, se ajoelhando em frente ao Jane.

De repente eles ouviam som de passos pesados.
A porta se escancarava, e um grande homem aparecia ao lado de Fuller.

- Finalmente... estamos frente a frente.
- Red John... - dizia Jane, tentando conter sua fúria.

Red John sorria e dava alguns passos, enquanto Fuller... permanecia imóvel.

- Ai! - gritava Kristina, que era segurada por Red John de forma brusca.
- Hey! - gritava Jane, que desistia de falar assim que via uma certa semelhança entre Kristina e Red John.
- Ela é minha cara não é? Sem contar que é tão fria e impetuosa quanto o pai... - dizia ele, beijando o rosto dela.

Kristina tentava afasta-lo, parecendo chateada com ele.

- Pare de fazer manha Kristina... - dizia ele, a soltando bruscamente junto ao Fuller.
- Tira as mãos de mim. - dizia Kristina, se soltando do aliado de seu pai.

Jane olhava para Kristina com tristeza, frustração, e uma ponta de raiva.

- Sabe... ver essa sua cara de bobo, não tem preço. - Red John lhe dizia antes de estapia-lo.
- Não, pai... - pedia Kristina, ficando ao lado dele... segurando seu braço.
- Como pode querer protege-lo depois de tudo o que ele fez?
- O que eu fiz?
- Lembra da Elize Feldman?

Jane pensava por alguns segundos, e então se lembrava da jovem senhora depressiva, que tinha brigas turbulentas com o ex-marido... no qual Jane tentou tirar proveito lhe dando falsas previsões. Patrick sabia que ela havia nutrido um amor não correspondido ele.

- Eu sinto muito, mas o suicídio dela não foi minha culpa.
- Como não? Se não tivesse mentido para ela, se envolvido... a fazendo se apaixonar.... - Red John explodia.
- Pára,chega... - gritava Kristina, tapando os ouvidos.
- Eu nunca dei qualquer esperança á Elize, eu amava minha mulher... minha filha, e você as tirou de mim...- dizia Jane, com os olhos cheio de água, tamanha a revolta que sentia.
- Isso foi o preço por ter tirado Elize de mim, da Kristina....- dizia ele, olhando para a filha.
- Por que não veio diretamente atrás de mim? Não precisava ter feito o que fez com meus amigos... com a Lisbon... eles não lhe fizeram nada, sua rixa é comigo, só comigo. - dizia Jane, bastante sentido.
- Mas quem disse que a idéia de matar a agente Lisbon e seus amigos foi dele?- comentava Fuller, andando até eles.

Patrick se voltava para Kristina, respirando descompassadamente enquanto fechava seus punhos.

- Me desculpe, eu... achei que se você se afastasse deles, teríamos alguma chance. - ela lhe dizia, muito nervosa.
- Você... é tão doente quanto seu pai. - dizia Jane, bastante seco.
- Sou doente... doente de amor por você. Será que não vê isso? - gritava ela, um tanto descontrolada.
- Eu nunca... amaria uma pessoa como você. - rebatia Jane.
- Viu só querida, ele é assim, ilude para depois magoar... ele fez o mesmo com sua mãe... mas eu estou aqui, e não deixarei ele estragar sua vida. Por que você não vai descansar enquanto tenho uma conversinha com ele, de homem para homem. - comentava Red John, com uma expressão diabólica.

Os olhos de Kristina pareciam brilhar, ela sorria... dando um pequeno beijo na mão de seu pai.

- Não o machuque muito, também tenho assuntos pendentes com ele... - dizia Kristina, que em seguida deixava o local.

Após Kristina sair, Fuller fechava a porta. Em seguida, ele pegava uma pequena maleta que estava no chão.
Ele a abria, e dava algumas facas para Red John....

- Agora, minha verdadeira diversão vai começar.... - dizia Red John, com os olhos brilhando de pura maldade.







Continua...........

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por junia seis em Sex 09 Set 2011, 1:51 pm

Maldade foi vc para logo ai,a não gi como vc pode fazer isso unpht ?Para logo ai é corvadia,vou passar a semana inteira me roendo de curiosidade pra saber o que ouve fato
As coisa estão feias pro lado do jane(bota feio nisso) até a frye agora que maxuca-lo ,mas tomara que a equipe ache logo ele,por que não quero nem imaginar o que red john vai fazer com jane scared
Lisbon acordou e está bem inlove
O unico problema vai ser : Como é que eu vou aguerta pra chega a proxima sexta?! sos
Perfeito o capi,como td até agora fato
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por Edla em Sex 09 Set 2011, 8:23 pm

Maldade foi vc para logo ai+1

E bota maldade nisso! Sem falar que achei esse cap curtissímo pra a uma ansiedade que vai durar uma semana! E agora essa vidente de araque também quer se vingar! Mas tenho que confessar que gostei do que aconteceu... Pelo menos os sorrisinhos do Jane pra Frye se acabaram de vez!

Não consigo imaginar com o Jane vai sair dessa! Ainda bem que a Lisbon acordou ! E quando ela souber tudo o que está acontecendo vai melhorar rapidinho! É bom que a Frye tenha um bom esconderijo!

Gi, dos capítulos de ação esse foi o que eu mais gostei até agora! Mas sem pressão, tá legal!

BJS!!
avatar
Edla
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 26/01/2011
Mensagens : 70
Libra Cavalo Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por teresa janes em Dom 11 Set 2011, 1:02 am

O que o RJ vai fazer com o Jane?Ai meu heart !!!!!!!!!!!
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Qua 14 Set 2011, 10:28 pm

Olá pessoal.... celebrar

Desculpem a demora, por causa das fortes chuvas aqui no sul, minha internet ficou muito ruim, teve dias que fiquei sem acesso.... scared

junia - Hehehe, nossa, daqui uns dias vou ter minha cabeça a prêmio!!!!!
Felizmente Lisbon acordou, e foi na hora certa. Agora ela e seus amigos precisam correr, Jane precisa de reforços...urgentemente!!!!!
qisso


Edla - Calma, segura a ansiedade, o cap está chegando, hehehe.
A situação do Jane não poderia estar pior... está nas mãos de seu arqui-inimigo e ainda por cima tem que aturar as loucuras de amor da Kristina....
Para sorte, Lisbon acordou... e acordou com tudo. Kristina que se prepare... o climavai ferver....
witchhunt


teresa - Red John é um lunático, e creio que nem mesmo se Kristina implorar ele vai pegar leve com Jane, aliás... do jeito que a filhinha desse peçonhento está... tenho mais medo dela do que dele, hahahaha.
Tomara que o pessoal da CBI chegue a tempo de evitar uma catástrofe!!!
MyGod


Beijinhos para vcs
Obrigada pelos comentários.

gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Qua 14 Set 2011, 10:30 pm

MINI-PROMO:
VOCÊ É TUDO PARA MIM - CAPÍTULO 16 - PENÚLTIMO



Próximo ao esconderijo de Jane.
Lisbon, Van Pelt, Cho, Rigsby e Hightower estavam em um dos carros que iam em direção a propriedade de Kristina.
Eles estavam anciosos para prender os bandidos e resgatarem Jane com segurança.....

" - Acelera mais esse carro. - dizia Lisbon.
- Não dá, estou no máximo. - respondia Wayne, entendendo o nervosismo dela.
- Não se preocupe Lisbon, o reforço está logo atrás. Red John e Kristina não escaparão desta... - dizia Hightower, que olhava para os cinco carros que os seguiam.
- Mas que demora... - resmungava Lisbon, olhando pelas janelas para ver se enxergava algo.
- Olhem? - dizia Van Pelt, avistando a propriedade de Kristina.

Assim que paravam em frente ao terreno, os agentes desciam de seus carros. Eles vestiam seus coletes enquanto abriam o porta-malas para pegarem seus armamentos.

- Atenção, vamos manter o que combinamos, nos dividiremos em quatro grupos, um fica aqui enquanto os outros cercarão a casa. E não atirem a menos que seje necessário, Jane ainda deve estar lá dentro. - avisava Hightower.
- Se a Kristina aparecer na minha frente.... - murmurava Lisbon, engatilhando sua arma.
- Tem certeza que quer entrar? Ainda esta fraca. - indagava Hightower.
- Estou bem. Confie em mim.

Highotwer suspirava enquanto olhava para Lisbon, vendo que não haveria como conseguir convence-la a ficar no carro, ela concordava meio a contra gosto.

- Muito bem, vamos... - dizia Hightower.

Os agentes observavam o local enquanto seguiam aos seus postos.
Hightower, Lisbon, Cho, Rigsby e Van Pelt se direcionavam á entrada da casa.
Eles andavam calmamente, observando a tudo com suas armas em punho. "



********************************

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por teresa janes em Sex 16 Set 2011, 3:04 am

Não vejo a hora de ler para ver o que vai acontecer.
avatar
teresa janes
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/07/2010
Mensagens : 284
Humor : fico bem humorada quando estou assistindo The Mentalist
Localização : Ibitinga
Libra Cachorro Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por ladymarion em Sex 16 Set 2011, 12:07 pm

Oi teresa.... celebrar

Já vou postar o cap, os momentos finais estão tensos, hehehe.
A coisa vai ferver!!!!!!

Beijinhos
gi


ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Você é tudo para mim ( PG-13 ) - Capítulo 17 - Final - 23/09/11

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum