The Mentalist Brasil


Seja bem vindo!

Para acessar todo
o conteúdo do forum e fazer amigos,


REGISTRE-SE e APRESENTE-SE!


Mar Vermelho

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Sex 19 Nov 2010, 3:25 pm

Ehehe... Mas que planos maquiavélicos é que eu tenho para estas personagens? xD
Deixo-vos aqui um aviso, a leitura passará a conter um palavrão ou outro, mas nada de grave, e pode incluir uma descrição de tortura por parte do assassino. Como ainda não sei se vou subir o RATING desta fic, prestem atenção. Há demasiada Tensão Sexual por parte das Personagens Principais MUAHAHAHAHAHA!!!! Portanto se quiserem continuar a ler, os danos psicológicos que esta história causa serão apenas vossos. Very Happy
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Priscila. em Sex 19 Nov 2010, 8:38 pm

HAUSH1U12HU11HU1H2HU eu pensando que a discussão seria sobre algo que o Jane fez e é sobre o melhor filme er/ kkkkkkkkkkkkkkk ameii essa parte AAHAUSH1U1H1U2HU1H1U1H2U1H2
kkkkkkkkkkkk Jane é o Jane EURI
Ansiosa pelo próximo capítulo hihihihi
avatar
Priscila.
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/05/2010
Mensagens : 252
Câncer Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Daffodil em Sab 20 Nov 2010, 4:05 am

Opa, fic de serial killer.

Eu AMO histórias envolvendo serial killers. Esse parece interessante, pena que ele apareceu pouco e... (oops, isso soou meio psicopata Shocked)

Por favor, continue! Very Happy
avatar
Daffodil
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 18/05/2010
Mensagens : 66
Humor : Negro
Localização : Sótão
Câncer Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Sab 20 Nov 2010, 12:03 pm

Priscila, Jane há-de sempre ser Jane xD e o motivo da discussão de melhor filme, tive eu com um amigo, sobre os mesmos filmes. Isto pq vimos o Titanic e Avatar em casa dele e pronto, dei por mim a escrever a mesma cena Razz
Daffodil, podes tar descansada, no relax, pq o nosso assassino vai aparecer, e como eu sou meio-psicopata/meio-sociopata, o assassino vai ter uma entrada em grande Twisted Evil .

Obrigada por lerem Smile
Beijinhos e abraços, e o próximo capítulo irá ser postado ou hoje, ou amanhã assim que acordar Very Happy
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por ladymarion em Sab 20 Nov 2010, 1:35 pm

Hahahah, Raquel esta demais.........
Eu ri muito com a Lisbon e o Jane
Agora, essa parte da Raquel enfrentando nosso querido consultor foi Show!

Parabens
Sua história está divertidíssima.

Beijinhos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Seg 22 Nov 2010, 5:22 pm

I'm back, baby Very Happy
Peço imensa desculpa pela demora, mas tive uns problemas para tratar. Agora deixo-vos com um novo capítulo, pequeno, mas bom Wink
PS: Tal como referi anteriormente, esta fic vai ter palavrões e algumas situações menos próprias, mas eu aviso-vos quando postar mais capítulos.
PS2: O Jardim do Quebedo fica mesmo em frente ao Departamento de Investigação Criminal cá em Setúbal Wink
-----------------------------------------------------------------
CAPÍTULO OITO:
Estou A Observar-te
-----------------------------------------------------------------
Jardim do Quebedo

Perguntou-se a si mesmo o que a rapariga fazia no edificio, mas ao ver o rapaz com quem estava e ao conhecê-lo, sorriu maliciosamente. Os dois homens que os acompanhavam, ele sabia, eram inspectores.

Com que então vieram prestar declarações?

Sabia que não havia indícios a não ser o seu modus operandi, e isso regozijava-o. Ao pensar que daria demasiado nas vistas se estivesse ali parado, decidiu voltar para o carro e ir para casa, não se apercebendo da Chevrolet que tinha estacionado ao seu lado, nem das 5 pessoas que de lá sairam.

Casa de Artur

Ao chegar a casa, o télémovel tocou, e ele atendeu, sorrindo.
"Olá amor."
"Artur, querido, passas por cá hoje? Tenho saudades tuas."

"Claro. E que tal se eu fizer o jantar?"
"Hmm, Jantar? Há alguma coisa para celebrar?"

Se a sua namorada sonhasse...

"Não posso fazer surpreender a minha amada?"
"Claro que podes, é estranho, só isso."

"O que é que é estranho Tânia? Queria fazer-te uma surpresa, nada mais."
"Eu sei amor, desculpa. Estou um pouco cansada do trabalho e não devo descarregar em ti. Vem quando quiseres."

"Às 21h estou aí."
"Ok. Amo-te."

"Eu também."

Após ter desligado a chamada amaldiçoou a curiosidade da namorada.

Ela está a fazer demasiadas perguntas. Preciso ter mais cuidado ou então fico eu fodido.

O ataque que tinha planeado já não iria demorar muito tempo, mas para a rapariga que vigiava, planeava algo único e horrivel. Tal e qual como ele gostava.
Mas antes, iria dar algo à Policia Judiciária para os Inpectores se entreterem a investigar.
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por ladymarion em Seg 22 Nov 2010, 10:03 pm

Aiiiiiiiiiiiiiiiii
Raquelzinha, que capítulo nervoso, hahaha.
Ai, que medo.
Roendo boa parte das unhas enquanto espero a continuação.......

Maravilhoso!!!!!!!!!

Beijinhos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Priscila. em Ter 23 Nov 2010, 1:30 am

hum....vai ter morte no próximo capítulo?
kkkkk eu vou confessar que na conversa eu comecei a imaginar o Jane e a Lisbon discutindo fiufiu HAUSHU2H1U1H2U
Acho tão lindo quando eles dois discutem, mas também acho lindoo quando eles dois estão conversando sem brigas lov traduzindo eles são um casal perfeito HASUH1U1H11U1H
avatar
Priscila.
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/05/2010
Mensagens : 252
Câncer Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Ter 23 Nov 2010, 12:44 pm

Gi, Priscila, wow, ainda se mantém fieis à história Very Happy
Agradeço imenso o facto de continuarem a ler e de estarem a gostar.
Próximo capítulo vai ser postado muito brevemente Very Happy
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Ter 23 Nov 2010, 1:03 pm

AN: Ricardo Jones é uma das vitimas do nosso assassino e irmão de DJ.
Obrigada por ainda continuarem a ler esta história. O próximo capítulo terá uma nova descoberta Wink Estejam atentas Very Happy
-----------------------------------------------------------
CAPÍTULO NOVE: Ovelhas Negras e Orgulhos da Familia
-----------------------------------------------------------

Sala de Reuniões

DJ fitou a Agente Lisbon e tentou localizar Raquel na sala de reuniões.
Ela estava sentada sozinha ao lado da porta, observada atentamente pelo homem que a irritara anteriormente. DJ sorriu e focou-se novamente na Agente Lisbon, preparado para responder a qualquer pergunta.

"David, lembras-te da noite em que o teu irmão desapareceu?"
"Sim Agente, foi na noite de 24 de Maio."
"E o que é que se passou nessa noite?"

DJ trocou um olhar cúmplice com Raquel e a jovem sentiu-se corar.

"Eu tinha um encontro nessa noite. Os meus pais estavam em casa e o meu irmão ia estar com uns amigos dele."
"Existe alguém que possa provar que foste a um encontro nessa noite?"
"Sim."
"Diz-me o nome da pessoa para nós comprovarmos a tua história."
"Raquel Santos."

Lisbon parou de escrever no seu bloco de notas e olhou para DJ, olhando de seguida para Raquel. Pela maneira como os dois coravam, não era mentira nenhuma que tinham estado juntos.

"Muito bem. Diz-me David, existe alguém capaz de fazer mal ao teu irmão?"
"Sim, existe. Quem o matou foi capaz de fazer isso, não acha Agente?"
"Peço desculpa David, mas precisamos analisar estes aspectos por todos os prismas possiveis."
"Eu entendo. Ninguém seria capaz de fazer mal ao meu irmão. Ele era espectacular, os amigos respeitavam-no, nunca se deixou levar por más companhias e as únicas coisas que ele fazia de mal era fumar e beber uma cerveja ou outra, nada demais. Nunca se meteu nas drogas nem nos vicios do jogo ou isso e também não me lembro de ver o meu irmão envolvido numa luta. Era um rapaz exemplar e os meus pais amavam-no."

Jane sentou-se ao lado de DJ e interrompeu-o.

"Os teus pais amavam-no, mas o sentimento para ti era diferente."
"O quê?"
"Sim, os teus pais olhavam para o teu irmão e viam alguém que sem duvida alguma, iria ser o orgulho da familia, enquanto que tu, eras, e aposto que ainda és, a ovelha negra."
"Jane!"

DJ levantou-se subitamente e Jane seguiu-lhe o exemplo, recuando.

"Como é que você é capaz de dizer uma coisa dessas?"
"Estás a dizer-me que é verdade, então?"

Puxando o braço para trás e cerrando as mãos, DJ, que se preparava para rebentar com o nariz do consultor, foi parado por um toque suave, no entanto mais forte do que ele próprio. Sabia que assim que olhasse para o lado iria encontrar aqueles olhos castanhos, aos quais nada negaria em sua vida.

"DJ, por favor."

Aquelas três palavras fizeram-no acalmar imediatamente e o punho fechado, abriu-se ao procurar comforto na mão que o segurava.
O Inspector Martins disse algo à Agente Lisbon e os policiais, incluindo Jane, sairam todos da sala, deixando Raquel e DJ a sós.

"Estás mais calmo?"

DJ acenou com a cabeça e sentou-se.

"Eu só não consigo racionalizar neste momento. Por um lado sei que aquele gajo, Jane, tem razão, mas por outro... Porra, eu nunca invejei o meu irmão, sempre ignorei mais os meus pais e a minha familia por terem-no feito o rapaz predilecto, mas sempre admirei o meu irmão Raquel, sabes muito bem disso."
"Eu sei DJ, eu sei. Mas tem calma, ok? Tudo se há-de resolver e vais ver que havemos de apanhar o filho-da-mãe que fez isto ao Ricardo."
"Desculpa Raquel."
"Porquê?"
"Por te arrastar comigo para assistires a estas coisas."

Raquel suspirou e sentou-se no colo de DJ. Forçou-o a olhá-la nos olhos e dando-lhe um beijo na testa sussurrou.

"Tu não precisas de pedir desculpa por nada. Sabes muito bem que apesar de tudo o que aconteceu és o meu melhor amigo e faço de tudo para ver-te feliz."

DJ abraçou-a e ela pôde sentir o cheiro do aftershave dele que a inibriava. Adorava DJ, talvez até o amava, e simplesmente não ia ficar de braços cruzados enquanto que ele passava uma das piores fases da sua vida.

Abraçados e com os ânimos muito mais calmos, decidiram que era hora de ir embora. Amanhã iriam começar o dia bem cedo, com aulas e um teste, e estavam cansados, tanto fisica como psicológicamente. Saíram os dois da sala de reuniões, não vendo os agentes nem os inspectores, muito menos o consultor, e foram para casa.
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Priscila. em Ter 23 Nov 2010, 3:17 pm

kkkkkkkkk O Jane é uma pessoa tão delicada café HAUSH1U1H2UH1U2H1U11H2UH1
Hum....o que será que eles foram fazer....deve ter sido A notícia para eles saírem e deixarem o casal sozinhos....hehehehehe
avatar
Priscila.
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/05/2010
Mensagens : 252
Câncer Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Ter 23 Nov 2010, 6:28 pm

xD obrigada Priscila. Amanhã há novo capítulo, por isso preparem-se Very Happy
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Qua 24 Nov 2010, 12:26 am

AN: Wow, estas horas da madrugada e eu a escrever Razz Lindo!
Bem, quanto ao novo capítulo que vos deixo, tenho a dizer que a PENSÃO 26 existe em Setúbal e tem muito má fama e não liguem aos palavrões. Os bares ficam aproximadamente nas Docas de Setúbal, junto ao Rio Sado, o sitio preferido do nosso assassino. E qualquer erro, é meu Wink
---------------------------------------------------------------
CAPÍTULO DEZ: Ser Racional? O Que É Isso?
---------------------------------------------------------------

Avenida 5 de Outubro

Uma discussão grave com a namorada e alguns copos de vinho, fizeram o seu cérebro trabalhar.

Não se sentia com medo de andar naquela avenida de madrugada, uma avenida habitada por idosos, sossegada demais e por onde os drogados da cidade e as prostitutas vagueavam.

Uma delas, alta, morena, usando demasiada maquilhagem, umas jeans rotas e uma camisola vermelha já gasta pelo tempo, rondando os seus 40 anos, chamou a sua atenção, e ele aproximou-se.

"Olá bébé. Queres divertir-te um bocado?"

Sorriu maliciosamente e pegou-lhe na mão.

"Claro. Pago o que for preciso."

Os olhos da prostituta iluminaram-se com a antecipação de ganhar algum dinheiro por umas horas de prazer e ela sorriu.

"E vamos para onde? A tua casa fica longe?"
"Fica, e eu não trouxe o carro, mas arranja-se uma pensão por aqui, não achas?"

Os dois combinaram um preço e sairam da avenida em direcção ao 26.

Pensão 26

"Não me dizes o teu nome, borracho?"
"Não. Prefiro permanecer no anonimato, mas podes chamar-me o que tu quiseres."
"Chamo-me Patricia, borracho. Mas se preferires outro nome, eu aceito isso. Afinal, és tu que pagas."
"Patricia é um belo nome."
"Ok então. Eu vou-me despindo na casa-de-banho. Pôe-te à vontade."

É isso mesmo que tenciono fazer.

O sorriso malicioso voltara. Sentia-se inebriado, totalmente em controlo da situação. Era como se a parte racional do seu cérebro não funcionasse e quando a prostituta se apercebesse do perigo, seria tarde demais.

Sentia-se frustrado e quisera até atacar a sua namorada, mas como iria dar demasiado nas vistas, tinha que se contentar com o que havia. Com a sua navalha na mão, sentou-se à beira da cama e esperou que a porta da casa-de-banho se abrisse. Colocou as luvas pretas e preparou-se.

Quando Patricia saiu da casa-de-banho, nua, voltou novamente a sorrir.

"Estás pronto?"

Nem sabes tu o quanto.

"Sim, claro."

A mulher aproximou-se da cama e ele levantou-se, a sua fiel navalha permanecendo escondida atrás das costas.

Algo irritou-o imensamente naquela mulher e sem hesitar, uma das suas mãos ergueu-se e o punho cerrou-se. O soco acertara mesmo em cheio. O lábio de Patricia rebentou e dela saiu um grito de dor.
A escuridão que alagara os seus olhos, juntamente com o efeito do álcóol não o permitia racionalizar e lembrando-se da discussão que tivera com Tânia, ergueu a navalha e viu o terror aparecer nas feições da prostituta.

"Isto vai ensinar-te a não te entregares para estranhos, puta de merda."

O primeiro golpe atingiu a zona das costelas e foi seguido por outros nas várias partes do corpo de Patricia. Sentiu, com imenso prazer, a vida da mulher desvanecer, a respiração rápida, cortada por fortes investidas da sua navalha na parte superior do corpo e acabando no coração. Cortou devagar, com demasiada paciência, a cabeça, o sorriso maléfico ainda nos lábios.

Trazia sempre sacos do lixo consigo e lá conseguiu, a algum custo, colocar o corpo dela. Verificou-se que não tinha deixado nenhuma fibra de ADN, nem um fio de cabelo, e depois de ter conseguido soar o alarme de incêndio na pensão, fugiu com o saco que continha o corpo ás costas.

Docas

O calor que sentia era insuportável. Era talvez das noites mais quentes do ano e carregar um corpo não ajudava, nesta temperatura.
Verificou as docas, vendo se via algum pescador acabado de sair do Mar.

A costa está livre.

Abriu o saco e lançou o corpo ao mar.

Mais um. A PJ vai perder tempo com esta puta e eu posso utilizar esse tempo para executar o meu plano.

A sua camisa estava coberta de sangue, então decidiu suportar ainda mais o calor, fechando
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Qua 24 Nov 2010, 12:28 am

fechando o casaco e foi para casa.*

---------------------------------------------------
AN2: Peço imensas desculpas. O meu cérebro não trabalha a estas horas da madrugada.
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Daffodil em Qua 24 Nov 2010, 1:45 am

Hm... Um serial killer sádico. Interessante. Então ele conhece o Patrick? Quer dizer que ele tem envolvimento com o RJ?
avatar
Daffodil
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 18/05/2010
Mensagens : 66
Humor : Negro
Localização : Sótão
Câncer Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Qua 24 Nov 2010, 9:27 am

Daffodil escreveu:Hm... Um serial killer sádico. Interessante. Então ele conhece o Patrick? Quer dizer que ele tem envolvimento com o RJ?

Não. O nosso serial killer nunca ouviu falar de Patrick nem de Red John. Comparado com RJ, o MO deste é mais desleixado. Leiam, se quiserem, claro, novamente este capítulo e reparem bem na morte e na vitima.
Quanto a Patrick Jane, o serial killer nunca ouviu falar dele, nem da CBI. Ele só conhece os Inspectores, DJ e Raquel.

Próximo capítulo deve ser postado, em principio, amanhã. Obrigada por lerem Smile
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Priscila. em Qua 24 Nov 2010, 8:23 pm

Hum...qual será esse plano...com certeza não vai ser bom para alguém!!!

avatar
Priscila.
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/05/2010
Mensagens : 252
Câncer Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por ladymarion em Sex 26 Nov 2010, 11:28 pm

Olá Raquel.......
Desculpa a demora....

Nossa, mais o clima estava quente na conversa entre a turma de Jane e Raquel e DJ, hahahaha.
Ai, e o assassino ataca, medooooooo
Ele é de arrepiar....

Adorando a Fic

Beijinhos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Sab 27 Nov 2010, 1:36 am

AN: Novamente, me desculpem pela demora. Este deu-me mais trabalho a escrever Razz Obrigada Gi, Priscila e Daffodil por continuarem a ler Very Happy
----------------------------------------------------------------
CAPÍTULO ONZE: Tudo Se Passa Nas Docas
----------------------------------------------------------------

Hotel Novotel

Um som estridente e repetitivo acordou Teresa Lisbon daquilo que eram apenas algumas horas de descanso.

Ao perceber que era o seu telemóvel que tocava, amaldiçoou o facto de ter de se levantar para atender a chamada.

"Lisbon."

"Agente Lisbon, fala o Inspector Martins. Peço imensas desculpas de lhe ligar a esta hora, mas o assassino voltou a atacar. Dois pescadores deram com o corpo nas docas."

Ao ouvir isto, a Agente Sénior despertou e levantou-se da cama.

"Dê-nos trinta minutos e estaremos aí, Inspector."

Desligou a chamada e, vestindo o robe, saiu do seu quarto, batendo ás portas dos quartos dos colegas e chamando por eles.

"Toca a acordar pessoal. Temos um caso."

Não se surpreendeu ao ouvir a porta do quarto de Jane abrir e o próprio aparecer com um sorriso na cara. Pelas olheiras que não conseguia disfarçar, soube que o consultor não tinha pregado olho esta noite.

"Bom dia Lisbon."

"Jane, acordaram-me agora, ainda não bebi o meu café e não estou para lidar contigo a estas horas."

"Não te preocupes minha querida. Vai-te preparar que eu trato dos cafés."

Viu a acção do consultor como um pedido de desculpas pelo que tinha acontecido no DIC na tarde anterior, mas seguiu o conselho de Jane e despachou-se em tempo recorde.

Quando abriu a porta do quarto novamente, Cho e Van Pelt estavam já à sua espera.

"Onde estão Rigsby e Jane?"

"O Rigsby foi ajudar Jane com o pequeno-almoço, Chefe."

"Ok. Temos tudo pronto?"

"Sim, Chefe."

"Então vamos andando."

Docas

A fita amarela que os agentes da policia de segurança pública tinham colocado à volta do local onde estava o corpo protegia o local do crime da vista de alguns transeuntes curiosos.

Assim que os Agentes da CBI passaram a fita, Lisbon foi cumprimentar os Inspectores que já se encontravam no local do crime. Cho, ao sinal da Chefe, foi com Rigsby falar com os pescadores enquanto que Jane e Van Pelt iam para perto do corpo.

Jane fez a sua "ronda" de volta do corpo, analizando a vítima enquanto que recolhia informações. Lisbon e o Inspector Martins aproximaram-se.

"Jane? Alguma informação?"

Hora de dar espectáculo.

"Claro. Mulher, perto dos 40 anos de idade, vários cortes nos membros superiores e inferiores do corpo..."

"Isso já sabemos Sr. Jane"

"Sim Inspector, está tudo visível no corpo, mas provavelmente não sabem que ela era prosituta."

O Inspector coçou a cabeça e ficou surpreendido.

"Como é que..."

"As unhas, embora arranjadas, estão sujas, as pontas dos dedos da mão direita estão amareladas, provavelmente do vício do tabaco. O corpo nú indica, se não se encontrar fibras do assassino, que se despiu e o número que ela tem escrito na palma da mão esquerda, aposto que é o número do «chulo» dela. Aconselho-vos a ligar e vão saber qual é a identidade da vítima."

O Inspector Silva, que já se tinha aproximado do corpo, calçou as luvas e virou a mão da vítima para anotar o número de telefone.
Lisbon revirou os olhos e também anotou o mesmo número.

Porque raio tinha eu de me apaixonar pelo homem mais perspicaz do planeta? Apaixonar? Teresa, isso não é bom.

"Minha querida Lisbon, o assassino matou-a despropositadamente."
"O que te faz dizer isso?"

"Os cortes não são tão profundos como os das 4 primeiras vítimas, e aposto que ela estava incosciente quando ele a decapitou."

"Então ele desleixou-se, é isso?"

"Exactamente. Mas este desleixo serve de aviso, assim como também serve de manobra de diversão."

"Como assim?"

"Agora, por ter-se desleixado com a morte desta mulher, ele vai procurar colocar o plano dele em prática."

"Que plano?"

"Repara bem, 3 das 4 vítimas tinham dito, segundo os relatórios da Polícia, às familias, que se estavam a sentir observadas, pouco tempo antes de desaparecerem. Esta mulher não foi raptada. Foi o erro dele. Ele vai emendar esse erro ao capturar a pessoa que ele está a seguir neste momento."

"Basicamente, estamos numa corrida contra o tempo, certo?"

"Sim, e precisamos de agir rápido. Inspector Martins, aconselho-o a colocar outros Inspectores de sua confiança a investigarem a morte desta mulher. Neste momento necessitamos de estar com os olhos bem abertos para qualquer eventualidade."
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por junia seis em Dom 28 Nov 2010, 4:29 pm

hello comecei a ler ontem tua fic e não consigo para de ler,ansiosa pela continuação
dancing
avatar
junia seis
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 10/09/2010
Mensagens : 90
Humor : vivendo sempre com raiva do jane
Localização : Minas Gerais
Peixes Rato Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Priscila. em Seg 29 Nov 2010, 12:22 am

hahahaha o Jane queria ter é acordado a Lisbon LAPSLSOASLAPSLAPSLPALS
HASUHASUHASUAHSUHA A LISBON ASSUMINDO ~ via pensamento ~ QUE APAIXONADA PELO JANDE AAAAAAAA!!!!


avatar
Priscila.
Detetive Novato
Detetive Novato

Data de inscrição : 23/05/2010
Mensagens : 252
Câncer Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por ladymarion em Seg 29 Nov 2010, 10:43 pm

Raquezinha.........

Me diverti muito com esse cap
Imagino a cara da Lisbon ao ter que acordar aquela hora, mas um sorrisão do Jane... ganha qualquer dia...

Amei o pensamento dela sobre o Jane.
Ela esta perdidinha de amores por ele


O Jane tomando conta do caso é Show.
Deixa todos de boca aberta



Adoreiiiiiiiiiiiiiii

Beijinhos
gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Qui 02 Dez 2010, 6:32 pm

:O peço imensas desculpas pelo atrasp, mas uns certos problemas familiares tiveram de ser resolvidos.
Mas voltei e amanhã, ou ainda hoje durante a madrugada, postarei um novo capítulo Very Happy muitissimo obrigada pela força, meninas. Espero que continuem a ler e a gostar.
Beijinhos e abraços


PS: Estou a trabalhar para traduzir um das minhas fics em inglês. Digamos que, se eu cnseguir traduzi-la e acabá-la na FF.net, vou postá-la aqui Very Happy


Raquel


Última edição por raquelvalente91 em Qui 02 Dez 2010, 6:34 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Nota para as leitoras)
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por ladymarion em Sab 04 Dez 2010, 11:19 pm

Oi Raquel.....
Espero que esteje tudo bem por aí.
A gente aguarda com uma ansiedade sem tamanho, hehehe.
Outra Fic sua? Vou adorar ler...

Beijinhos querida
Tudo de bom

gi

ladymarion
Mentalista Treinee
Mentalista Treinee

Data de inscrição : 05/05/2009
Mensagens : 444
Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por raquelvalente91 em Ter 07 Dez 2010, 4:37 pm

AN: Peço imensas, imensas desculpas pela demora. Passei estes dois dias à procura de emprego e esqueci-me completamente que tinha um update para fazer. Mas aqui está o novo capítulo. Como sempre, deixo um aviso quanto aos palavrões. Como tenho andado neste desespero à procura de emprego, não sei quando postarei o próximo capítulo. O fim aproxima-se, estão prontos? Wink E deixo-vos uma prenda neste capítulo santa
-------------------------------------------------------------------
CAPÍTULO DOZE: Isto Não É Brincadeira
-------------------------------------------------------------------

Casa de Artur

Merda, merda, merda!

Andava de um lado para o outro pela casa, com uma terrivel dor de cabeça e pouca memória do que se tinha passado na noite anterior. Sabia que tinha morto alguém, uma prostituta, mas não se recordava do local do crime e necessitava chegar lá antes da Policia para retirar a cabeça do cadáver.

Normalmente, escondia as cabeças das vitimas numa casa comprada por ele, ao pé das docas, mas desta vez, tinha-se descuidado. Por um descuido, a sua liberdade estava em risco.

Fodasse, tenho de me despachar com a outra se não tou lixado. Tenho de agir rapidamente.

Foi buscar um copo com água e uma aspirina e sentou-se à secretária, revendo novamente o plano cuidadoso do próximo ataque.

Casa de DJ

Na cama Raquel e DJ estudavam. Ela de livro na mão, os pés apoiados nas pernas dele, ambos imersos no que faziam, enquanto que a música de Eminem ressoava pelo quarto. Um pacote de pipocas permanecia esquecido no chão do quarto de DJ e o ambiente calmo e sereno era um grande contraste com o que se tinha passado no dia anterior.

O telemovel de DJ tocou e despertou os jovens.

"Estou sim?"

Enquanto que DJ falava ao telemovel, Raquel levantou-se e arrumou os livros, sabendo que os estudos iriam ser interrompidos quando ouviu o rapaz pronunciar o nome do Inspector Martins. Estava preocupada. DJ era o seu melhor amigo e os sentimentos que iam para além da simples amizade que os dois partilhavam eram demasiado fortes para não se deixar de preocupar. Afinal, era o bem-estar de DJ e da familia que estava em causa.

No dia anterior, quando DJ deu-lhe boleia até casa, Raquel não pôde deixar de se sentir observada novamente e questionou a sua própria sanidade mental quanto a isso. Andava a ver demasiadas séries policiais.

DJ desligou a chamada e olhou para ela. Aqueles olhos azuis que tanto adorava, estavam preocupados.

"Era o Inspector, ele avisou-me que encontraram um corpo nas Docas. O assassino voltou a atacar."

Ela não disfarçou o arrepio que sentiu passar pelo seu corpo ao ouvir a notícia e DJ reparou. Sem dar conta do que se passava, apercebeu-se que ele a abraçara, e encostando a cabeça no peito dele, relaxou ao ouvir o batimento cardíaco. DJ estava ali, estava vivo e ela sentia-se segura.

"DJ, preciso de te contar uma coisa."

"Conta."

"Eu ando a sentir que alguém me observa."

O rapaz não a largou, mas encarou-a, olhando-a nos olhos.

"O quê?"

"Desde que o teu irmão faleceu eu sinto que alguém anda a vigiar-me."

"Mas Raquel, isso é..."

"Até pode ser estúpido, mas sinto-me insegura, DJ. E não quero ter de andar sempre a olhar para trás por causa de um assassino à solta na cidade."

"Hey, eu tou aqui, ok? Tu estás segura."

Olhos nos olhos, depois de palavras de segurança proferidas e ainda num abraço, parecia que o mundo à volta dos jovens não existia.
Raquel fechou os olhos por um milésimo de segundo antes de sentir uma ligeira pressão contra os seus lábios.

DJ esperava que ela não lhe desse nenhuma estalada por se estarem a beijar. SImplesmente o desejo foi mais forte que ele e o rapaz não resistiu. Tinha que saber como era beijá-la. Encontrou-se num turbilhão de emoções assim que fundiu os seus lábios nos dela e admitiu a si mesmo que Raquel era a rapariga ideal para si. Ela sabia da vida dele toda, sabia das suas virtudes e dos seus defeitos, sabia da tragédia que tinha acontecido, no que ele se tornara e na vingança que ele tinha planeado. Era ela quem ele amava e só nela confiava para ser sua namorada.

Definitivamente era o melhor beijo da sua vida. Prolongado, doce, suave e sensual. Um pequeno gemido por parte dela fez-se ouvir quando se quebrou o contacto.

Um lindo tom rosado aparecera na sua face e Raquel tinha a noção, que por mais que tentasse, nunca iria esquecer-se do momento que tinham partilhado.

"Wow."

O tom masculino e grave da voz de DJ fez a sua face ficar vermelha.

"Tiraste-me as palavras da boca."

Partilharam um sorriso e Raquel pegou na sua mala.

"Tenho de ir."

"Eu levo-te a casa."

"Não é preciso, DJ."

"É sim. Não vais agora sozinha para casa que eu não deixo. Eu levo-te."

DJ pegou nas chaves do carro, deu-lhe a mão, entrelaçando os dedos e levou-a para casa.
avatar
raquelvalente91
Aspirante a Detetive
Aspirante a Detetive

Data de inscrição : 08/11/2010
Mensagens : 86
Humor : Sarcasmo ftw! o/
Localização : Novo sofá da Lisbon *_*
Câncer Cabra Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitura Re: Mar Vermelho

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum